Brasil

A chuva causou ventos acima de 100 km/h em São Paulo


A chuva causou ventos acima de 100 km/h em São Paulo
(Foto Reprodução da Internet)

Na tarde desta sexta-feira (3), o estado de São Paulo foi atingido por um temporal com chuvas fortes e ventos de 103,7 km/h. Essas rajadas foram registradas às 16h32 no Aeroporto de Congonhas.

De acordo com Roberto Farina, capitão da Defesa Civil de São Paulo, os ventos em Santos, litoral sul, podem ter alcançado mais de 150 km/h, de acordo com medições iniciais.

Continua depois da publicidade

Esse índice ainda não é oficial porque é preciso fazer mais uma medição para finalizá-lo. No estado, pelo menos 30 municípios disseram que árvores caíram devido ao vento forte.

As chuvas causaram três mortes. Um rapaz de 21 anos morreu ao ser atingido por um muro que desabou em Osasco, na região oeste da Grande São Paulo.

Continua depois da publicidade

Outra morte ocorreu em Santo André, no Grande ABC, quando parte de um muro de um prédio em construção desmoronou e os escombros atingiram um homem, que não resistiu. Outra pessoa também foi atingida pelos escombros e encaminhada para o Centro Hospitalar Municipal (CHM).

Em Limeira, no interior, uma pessoa morreu após um muro desabar e atingi-la.

Farina diz que eventos climáticos extremos estão se tornando mais frequentes e que o El Niño afeta o clima. Ele também menciona que costumávamos ter chuvas fortes no verão em dezembro e janeiro, mas as mudanças climáticas estão alterando isso.

Segundo Farina, a Defesa Civil está sempre trabalhando para criar maneiras de alertar a população e ajudá-la em momentos de perigo. Por isso, é essencial que as pessoas tenham consciência dos riscos e evitem situações perigosas.

Ele enfatizou que investir em tecnologia e equipamentos meteorológicos é fundamental para que a Defesa Civil possa se planejar e criar estratégias que ajudem a salvar vidas em situações de desastres.


🔥 Recomendado para voçê 🔥