Internacional

A paralisação da assistência à agência da ONU pode resultar em “falência”, segundo os palestinos


A paralisação da assistência à agência da ONU pode resultar em “falência”, segundo os palestinos
(Foto Reprodução da Internet)

Enquanto vários países ocidentais, como os Estados Unidos, o Reino Unido e a Alemanha, anunciam uma pausa no financiamento da principal agência de ajuda da ONU em Gaza, os palestinos que vivem em condições terríveis alertam que isso poderá ser uma “sentença de morte”.

Essa decisão nos mata, mata as pessoas. É uma sentença de morte. É a única coisa que temos para viver e você quer tirar isso de nós? Suhaila Nofal, uma pessoa deslocada, implorando por misericórdia para Gaza e seu povo.

Continua depois da publicidade

O anúncio sobre a pausa no financiamento veio depois de Israel ter acusado alguns funcionários da Agência das Nações Unidas de Assistência e Obras aos Refugiados da Palestina no Médio Oriente (UNRWA) de envolvimento nos ataques terroristas do Hamas em 7 de outubro.

A agência demitiu vários funcionários após as denúncias, que não foram divulgadas. Até o momento, não está claro se os fundos serão redirecionados através de outras organizações.

Continua depois da publicidade

Um vídeo mostra muitos palestinos que precisaram deixar suas casas em Deir Al-Balah, no centro de Gaza. Eles estão abrigados em uma escola da UNRWA.

Outro palestino, Um Mohammad Al Khabbaz, destacou as suas condições de vida.

“Olhem como vivemos: na chuva e no meio do fogo. Nossos filhos estão doentes e estamos deslocados. Não temos uma vida. Nas escolas, não há segurança, estão sujas e não tem água. Além disso, perdemos muitas pessoas.”

“Se as pessoas interromperem a ajuda, o resultado será a morte”, disse ele.


🔥 Recomendado para voçê 🔥