Tecnologia

A recomendação da Apple é reduzida pela segunda vez na semana, fazendo a ação diminuir


A recomendação da Apple é reduzida pela segunda vez na semana, fazendo a ação diminuir
(Foto Reprodução da Internet)

A ação da Apple voltava a recuar nesta quinta-feira (4), o que fazia o valor de mercado da companhia encolher cerca de US$ 176 bilhões desde o início do ano, depois que a Piper Sandler se tornou a segunda corretora nesta semana a reduzir recomendação sobre a empresa devido às preocupações com a fraca demanda por seus produtos, incluindo o iPhone.

As ações da empresa Apple estão em queda de 1% às 15h13 (horário de Brasília) e atingiram o menor valor em oito semanas, que é de US$ 181,20. Se essa queda continuar, é possível que a Apple perca mais de 40 bilhões de dólares em valor de mercado hoje.

Continua depois da publicidade

O empresário Harsh Kumar, analista-chefe da Piper Sandler, enviou uma nota aos clientes expressando sua preocupação com os estoques de aparelhos no primeiro semestre de 2024. Ele também acredita que as taxas de crescimento das vendas unitárias atingiram o máximo e que a situação econômica na China pode impactar negativamente os negócios relacionados a esses aparelhos.

A corretora rebaixou a recomendação das ações da Apple de “overweight” para “neutra” e cortou o preço-alvo em US$ 15, para US$ 205.

Continua depois da publicidade

A Apple está vendendo menos desde o ano passado e prevê resultados abaixo das expectativas para o último trimestre de 2023.

Ela está enfrentando dificuldades na China devido à baixa procura, causada pelos consumidores gastando menos no país, além de ter que lidar com a competição da Huawei no mercado local. Também pode ter problemas devido a uma disputa de patentes em andamento envolvendo seus novos Apple Watches e a valorização do dólar, de acordo com Kumar.

A corretora tem comentários similares aos do Barclays, que reduziu a recomendação das ações da empresa para “venda” na terça-feira.

O Barclays levantou preocupações sobre o crescimento do iPhone e alertou para os riscos do negócio de serviços da empresa. Esses serviços estão sendo investigados em países como os Estados Unidos devido a certas práticas da loja de aplicativos da Apple.

Os analistas, em média, ainda classificam as ações da Apple como “compra”, com um preço-alvo médio de 200 dólares, de acordo com dados da LSEG.


🔥 Recomendado para voçê 🔥