Brasil

A suposta intoxicação poderia ser a razão das mortes dos jovens que estavam numa BMW em Balneário Camboriú


A suposta intoxicação poderia ser a razão das mortes dos jovens que estavam numa BMW em Balneário Camboriú
(Foto Reprodução da Internet)

Os jovens que morreram em um carro em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, podem ter sido intoxicados. O delegado Bruno Effori, que está conduzindo a investigação, informou que uma análise inicial do veículo encontrou um buraco no cano de escape, perto do motor e do painel. Isso pode ter causado a entrada de monóxido de carbono dentro do carro, que ficou ligado por várias horas enquanto os jovens esperavam um passageiro. Câmeras de segurança devem confirmar essa informação, mas nossa estimativa é que o carro tenha ficado ligado por aproximadamente 3 horas.

Os jovens comemoraram a virada do ano em Balneário Camboriú junto com seus familiares. Os parentes partiram em um segundo carro rumo à cidade de São José, na região da Grande Florianópolis.

Continua depois da publicidade

O delegado deve ouvir todas as testemunhas nas próximas horas e ressalta que as investigações ainda não são conclusivas. “Além dos laudos periciais e resultados dos exames, faremos a oitiva de todos que estiveram com os jovens, para confirmar a causa das mortes e a eventual participação de terceiros, provavelmente na intoxicação, já que não havia sinais de violência.”

Veja o caso

Quatro jovens morreram na rodoviária de Balneário Camboriú, em um carro, depois da virada do ano. A polícia acredita que a causa da morte foi a inalação de monóxido de carbono produzido pela queima do combustível do veículo. A família, que morava em Paracatu (MG), havia se mudado para a região da Grande Florianópolis, em Santa Catarina, cerca de um mês atrás.

Continua depois da publicidade

Quatro jovens estavam esperando a namorada de um deles chegar de ônibus em Minas Gerais. Três eram rapazes com idades entre 16 e 24 anos, e uma Era uma jovem de 19 anos. No entanto, eles começaram a se sentir mal.

Ela disse à polícia que não puderam sair da rodoviária porque encontrou todos passando mal. Sentiam tonturas, enjoos e tremores no corpo. Ela disse que ficou fora do carro por um tempo e, de repente, viu que os quatro estavam mortos , disse o delegado.

Ao chegar no local, os socorristas encontraram os jovens sem vida, inicialmente, por parada cardiorrespiratória. Os corpos serão submetidos a exames toxicológicos de necrópsia.


🔥 Recomendado para voçê 🔥