Ciência e Espaço

Agência Espacial Europeia Satélite cairá na Terra amanhã tarde


Agência Espacial Europeia Satélite cairá na Terra amanhã tarde
(Foto Reprodução da Internet)

A Agência Espacial Europeia (ESA na inciaisi em Inglês) anunciou que um de seus satélites, o Heritage European Remote Sensing 2 (ERS-2), que está em atividade na órbita terrestre desde 1995 e foi desativado em 2011, deverá cair na Terra até a próxima quarta-feira, dia 21 de fevereiro. Espera-se que o objeto entre e queime naturalmente na atmosfera do planeta pela manhã

O Escritório de Detritos Espaciais da agência europeia está acompanhando o satélite de observação da Terra em parceria com uma rede de vigilância internacional. A previsão é que ele entre na atmosfera às 6h14 ET (8h14 no horário de Brasília), porém há uma margem de 15 horas de incerteza. O site da agência mostrará a posição atualizada do satélite em tempo real.

Continua depois da publicidade

Apesar de o horário estar mais ou menos determinado, o local onde ocorrerá a queima ainda é incerto, pois “a reentrada da espaçonave é ‘natural’, sem a possibilidade de realizar manobras, é impossível saber exatamente onde e quando ela irá reentrar na atmosfera e começará a queimar”, diz um comunicado da ESA.

Qual é o satélite que irá cair na Terra?

Conforme informações obtidas no site da ESA, o ERS-2 foi lançado quatro anos depois do ERS-1, trazendo consigo tecnologias avançadas para observação da Terra. Esses satélites carregavam diversos instrumentos, como um radar de imagem de abertura sintética e um altímetro. Esses equipamentos foram considerados bastante modernos na época.

Continua depois da publicidade

Além disso, o equipamento tinha outros sensores avançados para medir a temperatura da superfície dos oceanos, os ventos no mar e um sensor adicional para medir o ozônio atmosférico, o que se revelou muito importante.

Em uma época em que ainda não se falava sobre o aquecimento global, os dois satélites coletaram informações importantes sobre o derretimento do gelo nos polos da Terra, mudanças na superfície terrestre, aumento do nível do mar e a composição química da atmosfera. Além disso, os ERSs também foram usados para monitorar desastres naturais, como enchentes e terremotos em diferentes partes do mundo.

Como ocorrerá a queda do satélite na Terra?

Imagens capturadas recentemente pela empresa australiana HEO para a Agência Espacial do Reino Unido.

O Heritage ERS-2 tem uma massa estimada pela ESA em 2.294 kg após esgotar seu combustível. No entanto, asseguram os especialistas da agência, essa estrutura é parecida com a de outros detritos espaciais que ingressam na atmosfera do nosso planeta a cada semana ou mais.

De acordo com a ESA, o satélite irá se dividir quando atingir a altitude de 80 km acima da Terra. A maioria dos pedaços vai queimar na atmosfera, mas alguns podem chegar à Terra, sem substâncias perigosas, e devem cair no oceano.

Gostou do conteúdo? Fique ligado no caderno de Ciência do nosso portal para se manter atualizado. Até logo!


🔥 Recomendado para voçê 🔥