Brasil

Boulos responde a apoiadores de Bolsonaro sobre foto com a “dama do tráfico” na Câmara


Boulos responde a apoiadores de Bolsonaro sobre foto com a “dama do tráfico” na Câmara
(Foto Reprodução da Internet)

Na segunda-feira, 13, o deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP) usou suas redes sociais para responder a críticas de bolsonaristas após uma foto dele com Luciane Barbosa Farias, conhecida como a “dama do tráfico amazonense”, circular na Câmara.

Essas críticas surgiram depois que o jornal O Estado de S. Paulo divulgou a participação de Luciane em duas reuniões no Ministério da Justiça e da Segurança Pública. Elias Vaz, secretário Nacional de Assuntos Legislativos da pasta, esclareceu que tais encontros não estavam programados.

Continua depois da publicidade

O deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) questionou quem era a mulher, acompanhando a indagação com uma foto em que Luciane estava ao lado de Boulos.

O político do PSOL afirmou ter sido abordado no Salão Verde da Câmara por mulheres que se apresentaram como representantes do Instituto Liberdade do Amazonas, discutindo a intenção de denunciar casos de tortura em prisões, em maio.

Continua depois da publicidade

“Boulos continuou dizendo que esse foi o único contato. Segundo ele, o restante são informações falsas”, afirmou Boulos. “Aliás, quem deveria prestar esclarecimentos sobre associações com criminosos são os seguidores de Bolsonaro: eles contratam milicianos em seus gabinetes, prestam homenagens a milicianos e há casos de veículos oficiais apreendidos com drogas.”

A “dama do tráfico amazonense” é casada com Clemilson dos Santos Farias, conhecido como Tio Patinhas, líder do Comando Vermelho naquela área.


🔥 Recomendado para voçê 🔥