Tecnologia

CEO do Google diz que são ‘inaceitáveis’ os erros no gerador de imagens do Gemini


CEO do Google diz que são ‘inaceitáveis’ os erros no gerador de imagens do Gemini
(Foto Reprodução da Internet)

O chefão do Google, Sundar Pichai, reclamou bastante da ferramenta de criação de imagens da IA Gemini, que teve problemas e teve sua função temporariamente suspensa na semana passada. Segundo ele, os erros de diversidade da plataforma são totalmente inaceitáveis e ofendem os usuários.

Um memorando enviado aos funcionários, divulgado pelo site Semafor na quarta-feira (28), destacou críticas às respostas problemáticas da inteligência artificial ao retratar personagens históricos. Por exemplo, a tecnologia gerou uma imagem de soldados nazistas com erros de etnia, apresentando negros e orientais.

Continua depois da publicidade

Tecnologia, negócios e comportamento sob um olhar crítico.

Assine já o The BRIEF, a newsletter diária que te deixa por dentro de tudo

Sundar Pichai, CEO do Google, afirmou que a empresa está trabalhando incansavelmente para corrigir os erros do Gemini.

Continua depois da publicidade

“A nossa missão de organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil é sacrossanta. Sempre procuramos fornecer aos usuários informações úteis, precisas e imparciais em nossos produtos. É por isso que as pessoas confiam neles”, ressaltou o executivo.

Pichai também enfatizou que a empresa de tecnologia aprendeu com os problemas enfrentados pelo gerador de imagens do Gemini. Ele mencionou também os avanços em IA feitos pela empresa, como a capacidade da nova versão Gemini 1.5 de lidar com até 1 milhão de informações ao mesmo tempo. Isso expandiu significativamente a capacidade de análise do recurso.

Corrigindo os problemas do aplicativo Gemini

Ainda não é possível gerar imagens com base em descrições de texto usando a IA do Google. No entanto, a equipe de engenharia está trabalhando para solucionar os problemas. A empresa está realizando mudanças na estrutura, atualizando as diretrizes de produtos e melhorando o processo de lançamento.

“Nenhuma inteligência artificial é completamente perfeita, especialmente nesta fase inicial de desenvolvimento da indústria. No entanto, estamos cientes de que o nosso padrão de qualidade é alto e continuaremos trabalhando assim pelo tempo que for preciso. Analisaremos o que aconteceu, faremos as correções necessárias em larga escala.”

Apesar do detalhamento dos trabalhos, que têm sido realizados “24 horas por dia”, conforme a nota, Pichai não disse se os erros foram corrigidos. Ele também não deu nenhum prazo para que o Gemini volte a oferecer a geração de imagens aos usuários.


🔥 Recomendado para voçê 🔥