Economia

Credores aceitam plano de recuperação da Americanas no tribunal


Credores aceitam plano de recuperação da Americanas no tribunal
(Foto Reprodução da Internet)

A assembleia de credores aprovou, nesta terça-feira (19), o plano de recuperação judicial da Americanas, que inclui uma injeção de R$ 12 bilhões pelo trio de acionistas de referência da companhia, além de R$ 12 bilhões em conversão de dívida em ações da empresa.

Agora, o plano precisa ser aprovado pela Justiça. Espera-se que isso aconteça em janeiro, quando o Judiciário retornar do recesso. Depois disso, a empresa terá dois anos para colocar o plano em prática.

O plano foi aprovado por cerca de 91,1% dos credores. Já com relação ao volume de dívida com a varejista, 97,2% dos credores deram aval para o plano. A empresa precisava de maioria em ambos os cenários.

Antes da reunião, a loja foi atrás do apoio da maioria dos credores. Hoje de manhã cedo, a empresa informou que o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia e outros credores concordaram em apoiar o plano da companhia

Com as adesões ao acordo de apoio, o plano de recuperação judicial da empresa contabilizava adesão de “parcela significativamente superior a 60% da dívida da companhia”.


🔥 Recomendado para voçê 🔥