Brasil

Enem: 28,1% dos candidatos faltaram no primeiro dia de provas, igual a 2022


Enem: 28,1% dos candidatos faltaram no primeiro dia de provas, igual a 2022
(Foto Reprodução da Internet)

No primeiro dia de provas do Enem, aproximadamente 28,1% dos candidatos inscritos não compareceram ao exame, o que é semelhante ao índice do ano passado (28,3%), de acordo com o Ministério da Educação (MEC).

O resultado é baseado em 98,3% dos dados apurados até as 20h deste domingo (5).

Continua depois da publicidade

Assim, o MEC também concluiu que houve a presença de 71,9% dos candidatos nas provas de linguagens, ciências humanas e redação, aplicadas hoje.

O Amazonas teve a maior quantidade de pessoas que não compareceram, com 44%. Em segundo lugar ficou o Acre, com 33,2%. Sergipe foi o estado com a menor quantidade de ausentes, ficando abaixo da média, com 24,6%. São Paulo teve preocupação com as escolas sem energia, e registrou 26% de faltosos.

Continua depois da publicidade

Foram confirmadas 3.939.242 inscrições para o Enem 2023. Comparados aos dados do ano passado, 2023 teve 13,1% a mais de inscrições confirmadas e 0,2% a menos de abstenção. Os números ainda podem mudar, já que a apuração do MEC ainda não foi concluída.

Neste domingo, 4.293 participantes foram eliminados do exame por desrespeitar regras do edital como portar equipamentos eletrônicos durante a realização das provas, sair da sala antes do horário mínimo permitido ou não atender a orientações de fiscais.

Outras 905 pessoas enfrentaram problemas de logística, como emergências médicas, falta temporária de energia ou de água.

Os dados do MEC foram informados em coletiva de imprensa na noite deste domingo.

Novidades da prova

Segundo o ministro da Educação, Camilo Santana, mais de 60% das pessoas inscritas no exame são mulheres. Além disso, pela primeira vez, a maior quantidade de candidatos é do Nordeste do país.

Ele disse que, pela primeira vez em 25 anos, a prova foi feita colorida para facilitar para pessoas daltônicas. A equipe estudou tudo para garantir isso. Também é a primeira vez que o cartão de resposta foi ampliado para pessoas com deficiência visual.

Os professores gostaram da escolha dos temas da prova.

No primeiro dia de provas do Enem, foram abordados temas importantes como inclusão, igualdade de gênero, diversidade, racismo e desigualdades social e econômica. Professores elogiaram a escolha desses assuntos, ao analisarem e compararem diferentes aspectos da prova neste domingo.

“De maneira geral, a prova teve temas muito atuais e pertinentes, como Paulo Freire, por exemplo. A prova deste ano trouxe temas muito relevantes para os cenários brasileiro e internacional”, avaliou Karoline Barreto, professora de artes do Sistema Positivo de Ensino.

A prova foi aplicada em todo o Brasil pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao MEC.


🔥 Recomendado para voçê 🔥