Internacional

Força Aérea diz que Ucrânia derrubou 30 drones russos em 11 regiões


Força Aérea diz que Ucrânia derrubou 30 drones russos em 11 regiões
(Foto Reprodução da Internet)

Segundo a Força Aérea ucraniana, a defesa aérea do país e grupos móveis de caçadores de drones conseguiram derrubar 30 dos 31 drones russos em 11 regiões neste sábado (16).

Várias explosões aconteceram em Kiev quando as forças de defesa aérea atacaram drones russos, de acordo com testemunhas da Reuters.

“Este é o sexto ataque aéreo a Kiev desde o início do mês”, pontuou Serhiy Popko, chefe da administração militar da cidade.

“Esta noite, após três dias de ameaças balísticas, o inimigo lançou novamente Shaheds sobre a capital. Os drones atacaram em grupos, em ondas e de diferentes direções”, informou.

Não houve vítimas nem grandes danos relatados em Kiev, ainda segunda Popko.

A Força Aérea da Ucrânia informou que os soldados russos usaram drones Shahed, que são fabricados no Irã, de três locais distintos, mirando em 11 regiões localizadas no centro, norte e sul do país.

Segundo a Força Aérea, caças, mísseis antiaéreos e grupos de caçadores conseguiram repelir o ataque dos drones russos.

O prefeito de Kiev, Vitali Klitschko, afirmou que medidas de defesa antiaérea foram tomadas diante da presença de drones russos na região próxima ao centro da cidade.

Segundo Klitschko, houve muitos disparos antiaéreos no distrito de Darnytskyi, na margem leste do rio Dnipro, e também ocorreram explosões no histórico bairro de Podil, na margem oposta.

Testemunhas da Reuters contaram que houve explosões fortes logo depois da meia-noite. Também aconteceram mais explosões nos 45 minutos seguintes, atingindo áreas próximas ao centro de Kiev.

Os alertas aéreos noturnos em muitas regiões da Ucrânia duraram cerca de cinco horas.

Os drones russos têm atacado com mais frequência cidades e regiões na Ucrânia. As autoridades ucranianas afirmam que a Rússia está atingindo principalmente a energia e a infraestrutura de energia do país, especialmente durante os meses frios do inverno.

Mosco afirmou que não atacou a infraestrutura civil da Ucrânia.


🔥 Recomendado para voçê 🔥