Internacional

Gente de Gaza pede por paz no novo ano após a “destruição” de 2023


Gente de Gaza pede por paz no novo ano após a “destruição” de 2023
(Foto Reprodução da Internet)

Chegamos ao fim de um ano difícil, com 12 semanas de ataques de Israel em Gaza. A população local não tem muita esperança de que 2024 trará alívio.

Na fronteira entre Gaza e o Egito, em Rafah, muitos palestinos estão fugindo de outras áreas do enclave em busca de abrigo, comida e água. Hoje, as pessoas estão mais preocupadas com as necessidades básicas do que com a chegada do novo ano.

Continua depois da publicidade

“Em 2024, eu desejo voltar aos destroços da minha casa, armar uma barraca e morar lá”, disse Abu Abdullah al-Agha, homem palestino de meia-idade cuja casa em Khan Younis foi destruída e que perdeu uma sobrinha e um sobrinho, ambos jovens, em um ataque aéreo israelense.

Eu desejo que as crianças vivam em paz e segurança, que possam voltar para a escola, universidade, e que os trabalhadores também possam retornar aos seus empregos e ter uma fonte de renda.

Continua depois da publicidade

Israel começou sua guerra em Gaza em 7 de outubro, após soldados palestinos do Hamas cruzarem a fronteira para matar mais de 1.200 pessoas, a maioria civis, e tomar 240 reféns.

O ataque de Israel fez com que a maioria dos moradores de Gaza tivesse que sair de suas casas. Segundo autoridades de saúde do local, 21.800 pessoas foram mortas e os sobreviventes estão enfrentando fome, doenças e miséria.


🔥 Recomendado para voçê 🔥