Cotidiano

“Greve geral” em São Paulo? Conheça as categorias que planejam parar em 28/11


“Greve geral” em São Paulo? Conheça as categorias que planejam parar em 28/11
(Foto Reprodução da Internet)

Greve geral de funcionários do Metrô, CPTM, Sabesp, e profissionais de outras instituições, como da USP (Universidade de São Paulo) e da Fundação Casa, anunciaram uma greve conjunta para a próxima terça-feira (28).

Uma assembleia adicional está marcada para as 16h da segunda-feira (27), no dia que antecede a paralisação. O encontro acontecerá em frente à Câmara de Vereadores da cidade de São Paulo, com o objetivo de deliberar sobre a decisão final em relação à greve.

Qual é o motivo da greve?

Privatizações e terceirizações estão no foco das manifestações. Metroviários, ferroviários e outros representantes do funcionalismo público protestam contra as propostas do governo Tarcísio de desestatização de empresas públicas.

A presidente do sindicato dos Metroviários, Camila Lisboa, confirmou a justificativa. “Tarcísio acelerou o processo de privatização. No Metrô e na Fundação Casa, por meio dos editais de terceirização, na Sabesp, com o envio do PL que tramita em caráter de urgência na Alesp, e para a Educação, impõe um corte de 10 bilhões”, afirmou.

Camila também destacou que foi apresentada uma proposta de liberação das catracas, com o transporte funcionando gratuitamente no dia da greve. “Os Metroviários desafiam o governador, se ele quer os trens e o metrô funcionando, então ele aceite a catraca livre”.

A representante da categoria também ressaltou que as privatizações devem impactar serviços essenciais. Por isso, o corte de 5% no orçamento da Educação e o leilão da Linha 7-Rubi da CPTM, agendado para fevereiro de 2024, também estão entre as demandas.

Os impactos da greve

As linhas estatais, operadas pelo Metrô, serão afetadas. São elas: 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha.

Além do metrô, linhas de trem também serão paralisadas. Os trajetos operados pela CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) entrarão na greve. São eles: 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade.

Greve ocorre no dia do Provão Paulista. A paralisação está agendada para coincidir com o início do Provão Paulista, o vestibular dedicado aos estudantes de escolas públicas que buscam ingressar nas universidades estaduais.


🔥 Recomendado para voçê 🔥