Brasil

Homem preso por estuprar menina de 13 anos, já participou de um reality show na televisão


Homem preso por estuprar menina de 13 anos, já participou de um reality show na televisão
(Foto Reprodução da Internet)

Um homem chamado Ricardo Félix Evangelista, de 38 anos, foi preso em flagrante na noite de terça-feira (14/11) por estuprar uma menina de 13 anos na Estrada Parque Taguatinga (EPTG). O suspeito é músico e é conhecido por usar o nome artístico de “Ricardo Fé” e cantar músicas de Rock e MPB. Ele foi um dos semifinalistas do reality show Ídolos em 2008, exibido pela TV Record.

Ricardo Fé também realizou diversas apresentações na cidade de Palmas, em Tocantins. Em 2013, foi contratado pela fundação cultural do município, para realizar um show artístico na região. Agora considerado suspeito pelo crime de estupro de vulnerável, o homem também se apresentou no Carnaval da capital tocantinense em 2014.

Aconteceu de ser capturado no momento exato em que cometeu o delito.

De acordo com relatos de testemunhas, a vítima foi abordada em Arniqueira, por volta das 17h. O agressor dirigia um carro Ford Ka e forçou a menina a entrar. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que o homem levou-a para um terreno atrás da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Núcleo Bandeirante, onde cometeu o estupro.

Depois do crime, o criminoso deixou a vítima atrás de um mercado em Águas Claras.

Populares ajudaram a menina e chamaram a PMDF. Depois, policiais dos batalhões de Águas Claras, Guará e Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) procuraram o criminoso usando a placa do carro que a adolescente deu.

Os policiais encontraram o dono do carro, que disse que alugou o veículo para alguém usar como motorista de aplicativo de transporte.

Com a ajuda do dono do carro, que tinha um rastreador no veículo, os policiais conseguiram parar o carro na EPTG, perto do Guará, por volta das 20h.

No local, o homem disse que não cometeu o crime, mas confessou que deu um beijo na vítima. Ele também admitiu que ofereceu R$ 30 para que ela não contasse à mãe sobre o que aconteceu.

O suspeito foi levado para a 21ª Delegacia de Polícia (Pistão Sul) para o registro do caso. De acordo com a PMDF, Ricardo já cometeu crimes contra mulheres anteriormente.


🔥 Recomendado para voçê 🔥