Brasil

Investigação está sendo feita em um fazendeiro por incêndios e agressões a quilombolas no Maranhão


Investigação está sendo feita em um fazendeiro por incêndios e agressões a quilombolas no Maranhão
(Foto Reprodução da Internet)

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira (14), uma operação com o objetivo de reprimir crimes cometidos contra populações quilombolas no Maranhão. Batizada de Operação Dandara, ela investiga ataques cometidos por um fazendeiro contra os Quilombos Marmorana e Boa Hora, em Alto Alegre do Maranhão.

“A polícia está investigando o suspeito como o principal responsável por incendiar casas, destruir plantações e cercas, e também por usar homens armados para ameaçar e intimidar as pessoas que vivem na região quilombola. Isso faz com que essas pessoas vulneráveis não consigam usar a terra para se alimentar e manter suas tradições culturais”, disse a PF.

Ao todo, os agentes cumpriram quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de intimação de medidas cautelares diversas da prisão.

16 policiais federais realizaram ações nas cidades de São Mateus do Maranhão, Alto Alegre do Maranhão e Bacabal.

De acordo com a PF, os mandados visam aprofundar as investigações para descobrir outros crimes relacionados e ainda não investigados, além de identificar os outros envolvidos nas práticas criminosas.

O fazendeiro, que é o principal suspeito, está sendo investigado por ter provocado incêndios e causado danos. Ele também é acusado de ameaças e de possuir uma arma de fogo ilegalmente. A soma das penas para esses crimes pode resultar em uma sentença de mais de 16 anos de prisão, além de multa.

O fazendeiro que está envolvido no caso não teve seu nome divulgado, então não foi possível contatar sua defesa para obter um comentário. Gostaríamos de deixar claro que estamos abertos para ouvir todas as partes envolvidas neste assunto.


🔥 Recomendado para voçê 🔥