Internacional

Israel afirma que tentou enviar uma ambulância para socorrer o jornalista ferido da Al Jazeera


Israel afirma que tentou enviar uma ambulância para socorrer o jornalista ferido da Al Jazeera
(Foto Reprodução da Internet)

As Forças de Defesa de Israel (FDI) afirmam que uma ambulância foi enviada para resgatar o jornalista Samer Abu Daqqa, da Al Jazeera, depois que ele ficou gravemente ferido durante um ataque israelense no sul de Gaza na sexta-feira (15).

No entanto, o veículo não conseguiu chegar ao local a tempo devido a problemas na estrada. Infelizmente, o cinegrafista já havia falecido quando chegaram, conforme informado pelos militares.

Quando soubemos de alguém ferido e recebemos um pedido para permitir uma ambulância, o COGAT (Coordenador de Atividades Governamentais de Israel nos Territórios) deu permissão para a ambulância usar uma passagem segura. As Forças de Defesa de Israel (FDI) relataram isso.

No entanto, a ambulância decidiu tomar um caminho diferente que estava danificado. As FDI reagiram rapidamente e enviaram uma escavadeira para consertar a estrada para a ambulância. Infelizmente, quando terminaram os trabalhos, já era tarde demais.

O jornalista morreu devido a ferimentos sofridos no ataque israelense e foi forçado a esperar cinco horas por atendimento médico, disse a rede de notícias com sede no Catar em comunicado na sexta-feira.

Os militares de Israel disseram que não podem dar mais informações quando perguntou quanto tempo demorou para a ambulância receber permissão para ir até Abu Daqqa, que precisava de cuidados médicos urgentes.

Centenas de pessoas foram ao sul da Faixa de Gaza para se despedir de Abu Daqqa no sábado (16), quando ele foi sepultado.


🔥 Recomendado para voçê 🔥