Brasil

Musk menciona invasão hacker direcionada a Janja e afirma que não considera a responsabilidade do X


Musk menciona invasão hacker direcionada a Janja e afirma que não considera a responsabilidade do X
(Foto Reprodução da Internet)

O dono do X (antigo Twitter), Elon Musk, ironizou a primeira-dama Janja da Silva, que sofreu um ataque hacker há pouco mais de uma semana e afirmou que vai processar a rede social.

“Não está claro que somos responsáveis por adivinhar a senha do e-mail dela”, escreveu Musk hoje.

Hackers invadiram a conta de Janja

No dia 11, um adolescente de 17 anos invadiu a conta do X de Janja e fez publicações ofensivas, com xingamentos e conteúdo pornográfico, fingindo ser a primeira-dama.

Na manhã seguinte, a Polícia Federal (PF) instaurou inquérito para apurar o ataque. No mesmo dia, a Advocacia-Geral da União (AGU) notificou o X, cobrando a preservação de todos os registros e elementos digitais relativos à conta de Janja.

“Ontem à noite, eu sofri ataques de ódio e falta de respeito em um nível ainda pior do que costumo enfrentar diariamente. Minha conta no X foi invadida e mensagens misóginas e violentas foram publicadas contra mim, durante um tempo que parecia interminável. Os posts eram machistas e criminosos, vindos de pessoas que claramente desprezam as mulheres, a convivência em sociedade, a democracia e a lei”, disse Janja no dia 12.

Na quarta-feira (13), a polícia cumpriu mandados de busca e apreensão contra um jovem de 17 anos suspeito de invadir uma conta. Ele afirmou que agiu sozinho e encontrou os dados da primeira-dama por acaso na internet.

Segundo o depoimento do jovem, as informações para entrar na conta de Janja, como o e-mail e a senha, estavam acessíveis na rede há mais de cinco meses.

Ele disse que não planejou o ataque e que agiu sozinho, negando que o músico João Vitor tenha participado. A Polícia Federal realizou uma operação em Minas Gerais para buscar e apreender provas relacionadas ao músico. O adolescente afirmou que é apenas um fã de João Vitor.

O jovem contou que largou a escola para cuidar do seu irmão doente e passa o dia todo em casa sem emprego. Além disso, ele também ajuda sua mãe.

O hacker disse que acessou a conta de Janja no LinkedIn, mas não fez postagens, e também seu e-mail. Ele afirma que não baixou, nem analisou o conteúdo do e-mail da primeira-dama.

O adolescente disse que decidiu reiniciar o computador, pois estava com medo, mas não fez o mesmo com o celular. Ele sabia que a Polícia Federal ia investigar (até gravou um áudio desafiando a PF), mas agora se arrepende pois não esperava que isso teria tantas consequências.


🔥 Recomendado para voçê 🔥