Internacional

Netanyahu afasta ministro que propôs uso de arma nuclear em Gaza


Netanyahu afasta ministro que propôs uso de arma nuclear em Gaza
(Foto Reprodução da Internet)

O chefe do governo de Israel, Benjamin Netanyahu, removeu um ministro de extrema-direita das reuniões governamentais por conta de sua sugestão de que usar uma bomba nuclear em Gaza seria uma opção para enfrentar a crise.

O ministro do Patrimônio, Amichay Eliyahu, foi questionado na manhã deste domingo (5) na Rádio Kol Berama, uma estação de rádio religiosa, se uma arma nuclear deveria ser usada em Gaza, ao que Eliyahu respondeu: “Este é um caminho”.

Continua depois da publicidade

Depois, ele disse que sua resposta não deveria ser interpretada literalmente.

O primeiro-ministro Netanyahu contestou as afirmações do ministro Amichay Eliyahu, dizendo que elas não são verdadeiras. Ele compartilhou essa mensagem nas redes sociais.

Continua depois da publicidade

“Israel e suas forças de defesa estão seguindo rigorosamente as normas do direito internacional para evitar causar danos a civis inocentes. Continuaremos a agir dessa forma até alcançarmos a vitória.”

O gabinete do premiê informou que Netanyahu manteve Eliyahu afastado das reuniões governamentais indefinidamente.

Eliyahu explicou em suas redes sociais que a declaração sobre a bomba atômica era apenas uma metáfora e isso era óbvio para qualquer pessoa sensata.

No entanto, o ministro propôs uma ação considerável e desproporcional contra o terrorismo.

Eliyahu faz parte de um partido político chamado Otzma Yehudit, que está na extrema-direita. O partido é liderado por Itamar Ben-Gvir, que também é ministro da segurança nacional em Israel.

Nem ele, nem Ben Gvir fazem parte do gabinete de guerra.

Israel nunca admitiu oficialmente que possui armas nucleares.


🔥 Recomendado para voçê 🔥