Esportes

O chefe da F1 afirma que não desejaria a condição de Schumacher nem para o “pior inimigo”


O chefe da F1 afirma que não desejaria a condição de Schumacher nem para o “pior inimigo”
(Foto Reprodução da Internet)

O chefe da Fórmula 1, Stefano Domenicali, disse que não desejava a situação de Michael Schumacher nem para uma pessoa que ele não gostasse. Schumacher sofreu uma lesão na cabeça em um acidente de esqui na França em 2013 e não tem sido visto em público há quase dez anos. Desde então, não temos informações atualizadas sobre seu estado de saúde.

Agora, Domenicali, que já trabalhou com o piloto na Ferrari, revelou que a situação do ídolo das pistas ainda é complicada enquanto se aproxima o aniversário de 10 anos do acidente.

“Ele disse em uma entrevista ao jornal La Gazzetta dello Sport que parece que o acidente em Meribel foi ontem; são tragédias que mudam a vida.”

“Precisamos apoiá-lo nesta difícil situação, em respeito a ele e à sua família. O que ocorre entre a família e eu é um assunto privado, mas viver dessa maneira por uma década é algo que ninguém deseja nem para o seu pior inimigo”, disse o diretor executivo.

Recentemente, o piloto britânico Mark Blundell, que competiu contra Schumacher nos anos 90, concordou com a decisão da família de manter em sigilo as informações sobre o estado de saúde do astro, que atualmente tem 54 anos.

“Não sei em que pé estamos com a saúde de Michael, pois ele está legitimamente resguardado. Ele ainda está aqui e espero que entenda o que está acontecendo. Isso seria positivo. É muito difícil”, disse ele à plataforma OLBG.

Mais tarde, durante a entrevista para a revista esportiva, Blundell expressou tristeza pelo fato de Schumacher não ter podido falar sobre sua incrível carreira.

A perda de Michael na F1 é muito lamentável. Ele tinha muitos títulos em seu currículo e não podemos mais ouvir sobre suas conquistas. É triste pensar que ele não está mais aqui para compartilhar sua perspectiva com relação a isso. Além disso, nunca saberemos como ele poderia ter apoiado seu filho Mick Schumacher e outros pilotos talentosos. É realmente uma grande perda.


🔥 Recomendado para voçê 🔥