Internacional

O chefe do Hezbollah pede trégua na Faixa de Gaza em seu discurso


O chefe do Hezbollah pede trégua na Faixa de Gaza em seu discurso
(Foto Reprodução da Internet)

O líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, apelou para que se “trabalhasse dia e noite” por um cessar-fogo em Gaza, dizendo que esse é o “objetivo principal” do Hezbollah.

Em seu discurso nesta sexta-feira (3), Nasrallah afirmou que o foco secundário do grupo armado libanês apoiado pelo Irã é garantir a vitória do Hamas em Gaza.

Continua depois da publicidade

O chefe do Hezbollah disse que a guerra foi um momento importante.

“A vitória em Gaza conquista um triunfo não só para a Palestina, mas também para Jerusalém, Aqsa, o Santo Sepulcro e todos os países vizinhos”, afirmou Nasrallah.

Continua depois da publicidade

Alerta de uma nova frente

Nasrallah prosseguiu dizendo que o Hezbollah tem estado numa “batalha sem precedentes” contra Israel na fronteira com o Líbano desde 8 de outubro, acrescentando que “a chance de a frente libanesa se transformar numa batalha ampla é uma possibilidade realista”.

“O líder disse que Israel deveria considerar isso.”

Alguns antecedentes

O Hezbollah é um movimento islâmico apoiado pelo Irã e com uma das forças paramilitares mais bem preparadas do Oriente Médio.

Um grupo militar, localizado na fronteira entre Israel e o Líbano, é uma das partes importantes na guerra entre Hamas e Israel. Ele é preocupante porque pode causar um conflito maior na região.

O Hezbollah e Israel têm se envolvido em hostilidades retaliatórias na fronteira no norte de Israel desde o início da guerra.

O grupo libanês manifestou apoio à causa do Hamas, mas ainda não interveio diretamente em seu nome, ligando os seus confrontos com Israel a ataques em solo libanês.

Autoridades de inteligência dos Estados Unidos estavam acompanhando de perto o discurso de Nasrallah na sexta-feira em busca de sinais sobre as intenções do Hezbollah, disse uma fonte de inteligência à CNN na quinta-feira (2).


🔥 Recomendado para voçê 🔥