Internacional

O Exército de Israel diz que membros do Hamas foram mortos e presos em escolas no norte de Gaza


O Exército de Israel diz que membros do Hamas foram mortos e presos em escolas no norte de Gaza
(Foto Reprodução da Internet)

As forças de defesa de Israel confirmaram no sábado (16) que atacaram duas escolas no norte de Gaza, onde alguns combatentes do Hamas estavam se escondendo, resultando em mortes.

Em um tweet, a IDF informou que as escolas “Alma’atsam em Allah” e “Alfarabi”, onde terroristas do Hamas estavam escondidos, foram atacadas pelas forças da 401ª Brigada de Combate e da 13ª Frota, comandadas pela 162ª Divisão em Rimal, cidade de Gaza.

As autoridades informaram que as forças combateram terroristas em uma região e conseguiram eliminá-los. Além disso, os terroristas que estavam escondidos em escolas se renderam e foram capturados pelas forças.

A Rádio do Exército de Israel disse que 25 membros do Hamas foram mortos e 50 se renderam durante a operação, mas a Força não confirmou esses números.

Houve combates após o fim de uma breve trégua entre Israel e o Hamas.

Israel vai destruir o grupo após os ataques surpresa em 7 de outubro, que resultaram na morte de 1.200 israelenses.

As IDF afirmaram que atacaram mais de 22.000 alvos em Gaza desde o início da guerra.

Segundo o Ministério da Saúde em Gaza, controlado pelo Hamas, até terça-feira (12), 18.412 pessoas foram mortas em Gaza. O porta-voz das FDI informou que cerca de 5.000 dessas vítimas são combatentes do Hamas. Porém, não conseguimos verificar esses números de maneira independente.


🔥 Recomendado para voçê 🔥