Internacional

O G7 afirmou que o suporte à Ucrânia continuará igual, mesmo com a guerra em curso entre Israel e Hamas


O G7 afirmou que o suporte à Ucrânia continuará igual, mesmo com a guerra em curso entre Israel e Hamas
(Foto Reprodução da Internet)

O Japão reafirmou que o apoio do G7 à Ucrânia na guerra com a Rússia não será prejudicado pelo aumento do conflito entre Israel e Hamas no Oriente Médio. Os ministros das Relações Exteriores do grupo tiveram discussões virtuais com Kiev durante uma reunião em Tóquio na quarta-feira (8).

A ministra dos Negócios Estrangeiros do Japão, Yoko Kamikawa, afirmou que o G7 apoia a Ucrânia, embora a atenção internacional esteja voltada principalmente para o Oriente Médio. O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, participou da reunião de forma remota.

Continua depois da publicidade

Os países do G7 reconhecem que a Rússia está iniciando a sua guerra na Ucrânia a longo prazo e isso requer um apoio militar e econômico duradouro a Kiev, segundo disse um alto funcionário dos EUA depois de reunião entre os ministros dos Negócios Estrangeiros do bloco em setembro.

O grupo tem sido líder na aplicação de sanções à Rússia desde que invadiram a Ucrânia em fevereiro de 2022. O presidente ucraniano Volodymyr Zelenskiy fez uma surpreendente aparição na cúpula dos líderes do G7 em Hiroshima em maio deste ano.

Continua depois da publicidade


🔥 Recomendado para voçê 🔥