Brasil

PF investiga desvio milionário de recursos destinados à saúde no interior do RS


PF investiga desvio milionário de recursos destinados à saúde no interior do RS
(Foto Reprodução da Internet)

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (28) uma operação em Bagé, no interior do Rio Grande do Sul, para apurar o desvio de verbas federais que seriam destinadas para a compra de aparelhos auditivos. Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos.

A investigação teve início após uma auditoria realizada no Serviço de Reabilitação Auditiva de Bagé, instituição de referência para 29 municípios da região. Durante a auditoria, foi concluído que num período de cinco anos (entre 2016 e 2021), foram repassados valores para a compra de 3.665 aparelhos auditivos, mas apenas 1.010 foram adquiridos.

Embora o prazo legal para a colocação de próteses seja de até quatro meses após a primeira consulta médica no serviço especializado, para alguns pacientes a fila de espera para receber o aparelho passou dos seis anos.

De acordo com a Polícia Federal, mais de 2.000 pacientes não receberam as próteses, resultado dos cerca de R$ 4 milhões que foram desviados da compra do material.

As verbas desviadas são oriundas do Teto da Média e Alta Complexidade, pelo qual a União repassa valores do orçamento federal ao estado, que repassa aos serviços especializados de saúde.

A Secretaria Estadual da Saúde diz que “o Departamento de Auditoria do SUS atua com o objetivo de aprimorar o sistema de saúde, os serviços prestados e a qualidade do atendimento aos usuários”. “Para isso, compartilha os resultados de suas auditorias com órgãos de fiscalização. A ação realizada pela Polícia Federal nesta terça-feira, no município de Bagé, decorre de uma auditoria conduzida pelo Departamento da SES.”


🔥 Recomendado para voçê 🔥