Brasil

Policia Militar de São Paulo capturou 398 prisioneiros durante passeio de final de ano, segundo SSP


Policia Militar de São Paulo capturou 398 prisioneiros durante passeio de final de ano, segundo SSP
(Foto Reprodução da Internet)

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo divulgou que 398 presos que estavam em liberdade temporária foram recapturados e retornaram para a prisão antecipadamente por terem sido flagrados desrespeitando as regras estabelecidas para o benefício.

O número alto, segundo a pasta, se dá em função de uma parceria entre a SSP, a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) e a Justiça, que permite, agora, que os detentos flagrados sejam averiguados pela própria Polícia Militar e reconduzidos às cadeias, em caso de descumprimento das regras.

Segundo a administração, a medida tem como objetivo dificultar a ação de presos que utilizam o benefício para cometer mais crimes.

De acordo com a informação fornecida pelo departamento, a verificação é realizada durante a abordagem aos veículos móveis e tablets da polícia. Esses dispositivos agora possuem acesso às informações sobre as regras que os detentos beneficiados devem seguir.

Antigamente, a regra determinava que os policiais só pudessem levar os presos se eles estivessem sendo flagrados cometendo novos crimes.

Agora, descumprir as regras estabelecidas pelo benefício já é o suficiente para que a PM reconduza o indivíduo flagrado ao presídio.

“A medida é preventiva e melhora a forma como as condições da saída temporária são cumpridas. Agora, os policiais não precisam mais esperar que o detento cometa um crime para prendê-lo. Eles têm autonomia para encerrar a saída antecipadamente para os criminosos que não cumprem o acordo feito com a Justiça para permanecerem na rua durante o final de ano”, disse o secretário de Segurança Pública, Guilherme Derrite.

Flagrantes

Segundo informações da SSP, um homem em liberdade temporária foi preso em São Sebastião na sexta-feira (29) por descumprir as regras do benefício. Ele ficou mais de 10 horas nas ruas durante a madrugada, mesmo sendo exigido que estivesse em casa.

Já na quinta-feira (28), um condenado por tráfico de drogas que estava nas ruas devido à “saidinha” foi preso andando de jet ski em uma represa de São Bernardo do Campo. Ele era monitorado por tornozeleira eletrônica e, com a violação da área de permissão, o alerta foi emitido ao Centro de Operações da Polícia Militar (Copom). O despacho foi encaminhado aos policiais, que se deslocaram até a Prainha do Riacho Grande, no ABC Paulista, e o prenderam.

  1. Use as palavras corretas para não deixar reversões horríveis.
  2. Mantenha as frases curtas e simples para torná-las mais fáceis de entender.
  3. Evite o uso de palavras redundantes quando possível.
  4. Verifique se o seu início de frase é claro e cativante.
  5. Evite repetições desnecessárias para não cansar o leitor.

Presos no regime semiaberto ou que tenham cumprido parte da pena, sendo réu primário ou reincidente, podem receber o benefício de saída temporária.

O detento que goza do benefício não pode sair do endereço informado à penitenciário, nem frequentas bares, casas noturnas ou realizar viagens.


🔥 Recomendado para voçê 🔥