Brasil

Policia Militar do RJ atira e mata policial federal na praia da Barra da Tijuca


Policia Militar do RJ atira e mata policial federal na praia da Barra da Tijuca
(Foto Reprodução da Internet)

O policial federal Francisco Elionezio Braga Oliveira, de 38 anos, foi morto por um policial militar, na noite de domingo (17), durante uma confusão em um quiosque na orla da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Segundo as primeiras informações registradas na ocorrência, por volta das 19h30, uma equipe da PM parou na orla e pediu para usar o banheiro do estabelecimento. Neste momento, o segurança teria dito que havia um homem armado e alterado no local.

De acordo com o que foi relatado, o policial militar pediu para que o suspeito se identificasse. Em seguida, o suspeito teria puxado uma arma, apontado para o policial e dado um tapa em seu rosto.

A Polícia Militar informou que os policiais ameaçados reagiram atirando. Francisco Elionezio foi atingido por dois tiros de fuzil, um no peito e um no pescoço, e acabou morrendo no local.

Na ação, uma mulher também foi atingida por um disparo. Ela foi levada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, mas já foi liberada.

O policial federal trabalhava no Grupo de Pronta Intervenção (GPI) da corporação no Rio de Janeiro. Ele ganhou destaque em Brasília por resgatar uma menina que estava engasgada em um restaurante em 15 de outubro. O agente estava em Brasília para participar de um curso no Comando de Operações Táticas (COT).

Francisco Elionezio se separou da sua esposa, que também trabalha na PF, e tem três filhos: um de seis anos, um de cinco e um bebê de um mês.

Procurada, a Polícia Federal informou que está acompanhando de perto as investigações, que, “a princípio, estão sendo conduzidas pela Polícia Civil”.

O crime está sendo investigado pela polícia, que pediu análise das câmeras dos policiais, além de ouvir testemunhas e os envolvidos. A polícia interna também foi informada e as armas foram apreendidas para análise.


🔥 Recomendado para voçê 🔥