Internacional

Presidente da Cruz Vermelha chama Guerra de Gaza de “falha moral” do mundo


Presidente da Cruz Vermelha chama Guerra de Gaza de “falha moral” do mundo
(Foto Reprodução da Internet)

A presidente do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) lamentou nesta terça-feira (19) o conflito em Gaza como um “fracasso moral” da comunidade internacional e pediu a Israel e ao Hamas que cheguem a um novo acordo para interromper os combates.

“Eu tenho falado de fracasso moral porque cada dia que passa é um dia a mais em que a comunidade internacional não provou ser capaz de acabar com níveis tão altos de sofrimento e isso terá um impacto sobre gerações não apenas em Gaza”, disse a presidente do CICV, Mirjana Spoljaric, a jornalistas em Genebra, após viagens para Faixa de Gaza e Israel.

“Não há nada sem um acordo entre os dois lados, por isso pedimos que continuem negociando”, afirmou ela, referindo-se à libertação de reféns israelenses levados para Gaza por homens armados do Hamas durante o ataque letal no sul de Israel em 7 de outubro.

As libertações são tarefas muito difíceis e delicadas

No final de novembro, o Catar e o Egito intermediaram uma trégua que durou uma semana e levou à libertação de 110 reféns em Gaza. Em troca, 240 mulheres e adolescentes palestinos foram libertados das prisões israelenses.

Em 1º de dezembro, os combates foram retomados e alguns dos reféns restantes foram declarados mortos pelas autoridades israelenses.

Embora o CICV tenha facilitado a libertação dos reféns durante a trégua, o grupo foi criticado por alguns israelenses por não ter feito mais para que os reféns fossem libertados. Alguns usuários das mídias sociais equipararam o CICV a um serviço de táxi para levar os reféns para fora de Gaza.

Spoljaric disse para ir até lá, pegar os reféns e levá-los para fora. Ele afirmou que qualquer comparação com um serviço de táxi ou Uber era inaceitável e ultrajante.

Nossos colegas correram perigo e arriscaram sua segurança durante essas operações. Os reféns também estão em situação de risco durante esses momentos.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, indicou na semana passada que estão ocorrendo novas negociações para resgatar os reféns mantidos pelo Hamas. Isso vem após relatos de que o chefe da inteligência de Israel se encontrou com o primeiro-ministro do Catar.

Spoljaric disse que o CICV está disponível para ajudar novamente assim que as partes entrarem em acordo.

“Estamos em contato com todas as partes para estarmos preparados para colocar em prática o acordo que eles chegarem”.


🔥 Recomendado para voçê 🔥