Black Friday

Procon passa orientações aos consumidores durante a semana da “Black Friday”


Procon passa orientações aos consumidores durante a semana da “Black Friday”
(Foto Reprodução da Internet)

A tentação está em todos os lugares: nas vitrines das lojas, nas propagandas da TV, rádio e internet, e nas redes sociais. Durante a semana da ‘Black Friday’, quando empresas e comércios anunciam promoções, os consumidores são influenciados tanto mental quanto financeiramente. Para evitar cair em armadilhas, o Procon-Santos realizou uma pesquisa com produtos de redes varejistas, mostrando os preços de vários deles em 27 de outubro deste ano.

A proposta é que os consumidores comparem os preços praticados um mês antes com os da ‘Black Friday’ para avaliar se realmente há descontos significativos. A lista completa pode ser acessada neste link: mineurl.top/HGL6K.

Continua depois da publicidade

Além dos preços, o diretor do Procon-Santos, Ronaldo Ferreira, oferece algumas recomendações para este período, como evitar compras por impulso. Ele destaca a importância de verificar o planejamento familiar para evitar arrependimentos. Nas compras online, é fundamental garantir a confiabilidade da empresa e do site.

“O site deve fornecer de maneira destacada seus dados, como endereço físico, telefone, e-mail, CNPJ e nome da empresa”.

Veja alguns das orientações

Desconfiar de empresas que aceitam apenas Pix, boletos bancários ou transferências como forma de pagamento é mais um alerta do órgão de proteção ao consumidor. Além disso, é importante ter cautela ao clicar em links e ofertas recebidas por e-mail ou redes sociais, preferindo sempre consultar a página oficial da empresa.

Continua depois da publicidade

Outros cuidados durante a compra incluem manter os programas de antivírus atualizados, proteger os dados pessoais, e imprimir ou salvar documentos que comprovem a oferta e a confirmação do pedido. É fundamental também informar-se sobre a política de trocas da empresa.

Antes de finalizar a compra, é recomendado observar o valor do frete e o prazo de entrega, confirmando se o preço informado no carrinho virtual está correto. O diretor do Procon-Santos destaca que nas compras feitas a distância, por telefone ou internet, o consumidor tem o direito de desistir no prazo de 7 dias a partir da data da entrega do produto, com a devolução do valor pago.


🔥 Recomendado para voçê 🔥