Brasil

Quem foi Rogério Saladino, um empresário que morreu depois de uma troca de tiro com a polícia?


Quem foi Rogério Saladino, um empresário que morreu depois de uma troca de tiro com a polícia?
(Foto Reprodução da Internet)

O empresário Rogério Saladino, de 56 anos, faleceu no sábado à noite (16), depois de ser baleado durante um confronto com a polícia em um bairro de luxo em São Paulo. Saladino era presidente do Biofast, uma rede de laboratórios, e trabalhava no setor de medicina e diagnóstico.

No LinkedIn da Biofast, a empresa se apresenta como uma empresa brasileira que atua no mercado de medicina diagnóstica desde 2004. Oferecemos serviços de alta qualidade com segurança e rapidez. O alto volume de exames processados coloca a Biofast entre os maiores laboratórios do país.

De acordo com o site oficial da empresa, ela oferece serviços de análises clínicas, diagnóstico por imagem, anatomia patológica e exame toxicológico em oito unidades localizadas no estado de São Paulo.

Rogério Saladino namorava Bianca Klamt, uma modelo e arquiteta com quase 60 mil seguidores no Instagram. Bianca postou nas redes sociais que eles estavam preparando um almoço em casa, com poucas pessoas, no sábado à tarde, antes do falecimento de Rogério.

A modelo escreveu em seu perfil: “Estou triste. Agradeço pelos momentos com a nossa família. Ele era um homem especial”.

A família de Rogério agradeceu as mensagens que receberam e pediu para que respeitem a privacidade dos familiares.

“Rogério Saladino era um empresário de sucesso, empreendedor que confiava no Brasil. A tragédia ocorrida ontem ceifou a vida de uma competente policial civil, de um profissional que trabalhava na residência e do próprio Rogério Saladino”, diz o texto.

O fotógrafo Fred Pontes, responsável por vários cliques do empresário, informou pelas redes sociais que o velório de Salabino acontece nessa segunda-feira (18), entre 8h e 16h, na capela do cemitério do Morumbi.

Histórico criminal ou registro de atos delitivos.

De acordo com o registro policial, Rogério já tinha sido preso duas vezes antes. Em 1989, por ter cometido homicídio e lesão corporal. E em 2008, por ter sido acusado de um crime ambiental.

De acordo com a família de Rogério, o ocorrido foi um caso de homicídio e lesão corporal, considerado uma fatalidade. O incidente aconteceu em Natividade da Serra, interior de São Paulo. Rogério atropelou alguém, prestou socorro, porém, infelizmente, a vítima não resistiu e veio a óbito.

Segundo a assessoria, o crime ambiental ocorreu quando a Prefeitura Municipal de Natividade da Serra (SP) retirou cascalho em um terreno pertencente à família de Rogério. Conforme mencionado na nota, um termo de compromisso ambiental foi cumprido.

Segundo a Polícia Civil, no sábado (16), dois policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) foram até uma rua dos Jardins, bairro nobre de São Paulo, para investigar um roubo a residência acontecido na noite anterior.

Ao chegarem ao endereço, Milene Estevam e outro policial civil que a acompanhava, abordaram Alex James Gomes Mury, vigilante da casa de Rogério Saladino, pedindo a ele acesso às imagens das câmeras de segurança da residência.

Alex conversou com Rogério para pedir permissão para usar as imagens. De acordo com o boletim de ocorrência, testemunhas relataram à polícia que Rogério ficou desconfiado ao ver supostos policiais e foi até a guarita da casa. Lá, ele pegou duas armas (uma delas registrada em seu nome, uma .380, e outra sem registro, uma .45) e disparou duas vezes para o alto.

Logo depois, abriu o portão da residência e disparou contra os policiais civis. Os tiros acertaram a investigadora Milene, que caiu após ser atingida. O policial que acompanhava Milene revidou os tiros, acertando Rogério Saladino.

Depois que o empresário caiu, o vigilante Alex James pegou uma das armas de Rogério e tentou atirar no policial civil, que reagiu. Alex foi atingido e morreu ali mesmo.

Rogério foi levado para o Hospital São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Milene Estevam também foi socorrida, mas morreu na Santa Casa.


🔥 Recomendado para voçê 🔥