Esportes

Riquelme, ídolo, foi eleito presidente do Boca Juniors


Riquelme, ídolo, foi eleito presidente do Boca Juniors
(Foto Reprodução da Internet)

O ex-jogador Riquelme foi eleito presidente do Boca Juniors, neste domingo (17). A votação foi histórica, porque o ídolo superou Andrés Ibarra em eleição com 46,4 mil votos, a maior soma em um pleito para um presidente de um clube de futebol argentino.

Juan Román Riquelme foi eleito com 68% dos votos e terá mandato até 2027. Ele obteve 30.318 votos, enquanto seu adversário, Ibarra, conseguiu apenas 15.949 votos.

Braviera e xingamentos

A eleição no clube popular argentino teve coisas interessantes. Riquelme era o vice-presidente do clube quando Jorge Ameal estava no comando. Agora, eles trocaram de posição e Ameal se tornou vice na nova gestão. Na oposição, Ibarra tinha Maurício Macri como seu vice, ele foi presidente da Argentina e do Boca Juniors.

O presidente da Argentina, Javier Milei, foi hostilizado por torcedores ao ir votar em La Bombonera. Milei é sócio do clube.

A campanha foi marcada por denúncias de corrupção entre os candidatos e interferência judicial a ponto de remarcar a data da eleição, antes prevista para o dia 3 de dezembro.

Riquelme foi tricampeão da Libertadores pelo Boca. Como vice, ele geriu o clube durante o vice-campeonato da Libertadores 2023, contra o Fluminense. Em 2024, o time argentino não disputará o principal torneio do futebol sul-americano.

Games Player & President Also in Brazil

No Brasil, jogadores aposentados também estão se tornando presidentes de clubes de futebol em eventos recentes. Pedrinho foi eleito presidente do Vasco da Gama e, no Rio de Janeiro, Romário assumiu o cargo principal no America Football Club.


🔥 Recomendado para voçê 🔥