Cinema e Streaming

Saiba por que Meryl Streep quase não atuou em “O Diabo Veste Prada”


Saiba por que Meryl Streep quase não atuou em “O Diabo Veste Prada”
(Foto Reprodução da Internet)

Meryl Streep teve alguns problemas para conseguir o papel de Miranda Priestly no filme “O Diabo Veste Prada”. O produtor Wendy Finerman mencionou isso em uma entrevista para o podcast Hollywood Gold.

“No episódio divulgado na última quarta-feira (06), Finerman disse que as pessoas pensaram que nós estávamos loucos. Recebia ligações de pessoas que diziam: ‘Você enlouqueceu? Ela nunca foi engraçada antes!’.

Continua depois da publicidade

“Ela foi engraçada sim e eles estavam errados, mas claramente foi um papel diferente para ela”, continuou.

É quase impossível imaginar “O Diabo Veste Prada” sem Meryl Streep, mas foi quase uma realidade. Antes do longa, ela era conhecida por papéis dramáticos, como em “A Escolha de Sophia” e “Kramer vs. Kramer”, que lhe rendeu dois Oscars.

Depois, sua interpretação de Miranda Priestly também lhe rendeu uma indicação ao maior prêmio do cinema. A personagem, criada por Lauren Weisberger no livro de mesmo nome do filme, foi inspirada na editora da Vogue Anna Wintour.

Continua depois da publicidade

“Acredito que Streep foi uma parte divertida da surpresa”, disse Finerman. Segundo ele, gravar com essa atriz lendária significa ouvir diversas ideias dela para o filme. “Ela me ligava e questionava: ‘Wendy, o que mais precisamos? Onde está tudo isso?’, ela é incrível, pois permanece no personagem o tempo todo”.

“Ela deixou claro que faria as escolhas para a personagem e se manteve firme”, disse Finerman. Segundo o produtor, Streep decidiu usar a icônica peruca grisalha, mesmo que o estúdio tivesse dúvidas.


🔥 Recomendado para voçê 🔥