Internacional

Familiares pedem a Israel um plano para salvar reféns em Gaza


Familiares pedem a Israel um plano para salvar reféns em Gaza
(Foto Reprodução da Internet)

Os familiares dos reféns detidos em Gaza pelo Hamas estão “todos com dor” depois que três reféns foram mortos acidentalmente pelas tropas israelenses, disse o porta-voz do Fórum de Reféns e Famílias de Pessoas Desaparecidas, Haim Rubinstein, neste sábado (16).

“Assim como todos os israelenses, estamos sofrendo com a tragédia de ontem”, afirmou Rubinstein.

Vários familiares de reféns realizaram um ato na “Praça dos Reféns”, em Tel Aviv, apelando ao governo para que apresente um plano para trazer os detidos pelo Hamas de volta a Israel em segurança.

Raz Ben-Ami, uma refém libertada do Hamas no final de novembro, disse que alertou aos membros do gabinete israelense que os combates em Gaza poderiam prejudicar os detidos pelo Hamas. O marido dela também foi feito refém e ainda não foi libertado.

“Infelizmente, eu estava certa”, disse ela. “Os reféns estão passando por um inferno e correm perigo de vida. Cada dia, hora, minuto é crucial. Uma campanha militar por si só não salvará os reféns.”

Ben-Ami está pedindo ao governo de Israel que crie um plano para libertar reféns e incentive a comunidade internacional a apoiar essa iniciativa.

Danny Elgarat, irmão de Itzhak Elgarat, que está sendo mantido como refém, expressou perplexidade em relação à demora do governo israelense em tomar medidas.

“Nós estamos testemunhando o que está acontecendo. Ainda estamos recebendo muitos caixões, um após o outro”, disse Elgarat. Ele acrescentou que se o governo não responder, os familiares irão se dirigir ao quartel-general das Forças de Defesa de Israel (IDF na sigla em inglês).

“Estaremos lá 24 horas por dia, 7 dias por semana, esperando por eles”, concluiu.


🔥 Recomendado para voçê 🔥